O que fazer depois de instalar o WordPress?

Depois de instalar o WordPress no seu domínio, aparentemente parece estar tudo pronto para lhe começar a fornecer alguns toques no design e inserir conteúdo.

No entanto há ainda alguns passos importantes para melhorar ao máximo a segurança, rapidez e performance do site.

A seguir deixo alguns dos passos essenciais na configuração após a instalação do WordPress. Só depois, será conveniente avançar para a inserção de conteúdo e criar um design apelativo.

Passos essenciais após a instalação do WordPress

 

1. Formulário de contacto

Praticamente todos os sites na internet precisam de um formulário de contacto para que os seus visitantes possam de uma forma bastante simples e rápida entrar em contacto via email. Uma das soluções mais comuns é a da WPForms, um plugin que permite configurar facilmente o formulário. O plugin tem uma versão premium paga, mas também tem uma versão gratuita que poderá servir as necessidades básicas.

No caso de utilizar o Divi Theme, por exemplo, a tarefa ficará muito simplificada, uma vez que o Divi Builder contém o módulo “Contact Form” que permite configurar um formulário de contacto muito facilmente, para além de ser totalmente personalizável.

2. Alterar o título do site, tagline e fuso hurário

É indispensável alterar o título do site, a tagline e o fuso horário do país. Essa tarefa pode ser efetuada rápidamente em Dashboard >> Settings >> General Page e alterar para o texto ou valores desejados. Ou Painel >> Opções >> Geral, no caso da instalação estar em português (pt-pt ou pt-br).

3. Configuração SEO

SEO significa Search Engine Online e é usado para aumentar o tráfego do Google ou outros motores de busca. O WordPress em sí já está bem otimizado, mas é possível fazer muito mais para melhorar os resultados. Existem muitos cursos e livros para saber mais sobre SEO. Nunca é tempo perdido saber mais sobre a matéria, mas também há alguns plugins que ajudam nesta tarefa. Provavelmente os mais conhecidos são o Yoast, o All in One SEO Pack ou o SEO Framework, mas há muitos outros…

Este video da WPBegginner pode ajudar na configuração do Yoast

Mas há muitas outras ações que podem e devem ser efetuadas. Eis um link que contem muitas dicas úteis: https://www.wpbeginner.com/wordpress-seo/

4. Instalar Google Analytics

Para o dono de um site é de extrema importância conhecer e perceber a sua audiência. No fundo perceber o que os visitantes procuram e como os podemos ajudar. O conhecimento da sua audiência vai ajudar no futuro a tomar decisões mais inteligentes em relação ao seu negócio.

O Google Analytics é uma ferramenta essencial ao mostrar-nos muitas informações relevantes de quem visita o site: o número de visitas, a sua proveniência ou que ações eles realizaram durante a visita ao site. A configuração do Analytics da Google é relativamente rápida. Existem muitos tutoriais e cursos sobre o próprio assunto disponibilizados pela própria Google. Para ter acesso ao Analytics basta ter uma conta Google.

5. Instalar Caching Plugin

Há estudos que indicam que por cada segundo que um site demora a carregar poderemos estar a perder cerca de 10% de page views. Um site deverá ser o tão rápido quanto possível a carregar e mostrar todo o seu conteúdo.

Para melhorar a rapidez de carregamento dos dados podemos usar plugins como WP Fastest Cache, o LiteSpeed Cache ou o WP-Optimize. Estes são os plugins gratuitos mais atualizados atualmente. Entre os plugins pagos, o WP-Rocket é uma excelente opção.

6. Configurar Backups
7. Segurança
8. Proteção contra spam
9. Apagar temas do WordPress instalados por defeito
10. Comentários
11. Apagar conteúdo existente por defeito
12. Criar uma categoria principal (default)
13. Definir a “Front Page” e “Blog Pages”
14. Upload do Gravatar
15. Inserir o perfil do utilizador
16. Upload do Favicon e do Icon
17. Alterar o email do WordPress
18. Definir e configurar o tema

(em atualização…)

Photo by Fikret tozak on Unsplash